Vítor Maçãs volta ao Colégio

Prof vitor macas

No passado dia 9 do mês de fevereiro, o treinador e docente da cadeira de futebol da UTAD, Vitor Maçãs, apareceu no Colégio, incorporado nas palestras dirigidas pela Associação dos Antigos Alunos do Colégio de Lamego, para nos falar da sua área de trabalho.

Estas palestras retratam o percurso de vida de antigos alunos do Colégio que se tornaram célebres na sua área.

Humor e inspiração foram o que este antigo aluno nos transmitiu, inspiração para fazermos o que queremos de verdade, para sermos fiéis a nós mesmos, não tendo medo das repercussões na sociedade. Numa forma divertida, Vitor Maçãs conquistou a audiência levando, porventura, algum de nós a seguir a área do desporto. Falando do seu percurso no Colégio, lembrando o nosso querido Padre Abel e o seu empenho na sua formação nessa área até à sua experiência como treinador principal da equipa Portimonense (II liga).

Vitor Maçãs lembrou a importância de nos empenharmos em algo com determinação. Será sempre bem-vindo ao Colégio!

Carolina Queijo,

Francisco Nogueira, 12º ano

 

 

MATRÍCULAS EM CURSO: 1.º ao 12.º ano de escolaridade

Ensino Secundário - Cursos Científico-Humanísticos

- Curso de Ciências e Tecnologias;

- Curso de Ciências Socioeconómicas;

- Curso de Línguas e Humanidades.

Regime de externato, semi-internato e internato

Vestuário do Colégio

Consulta preços e tamanhos

na secretaria do Colégio

 


Educar Hoje,

A educação consiste em levar o homem a tornar-se cada vez mais homem, a poder ser mais e não só a poder ter mais. Consequentemente, a que, através de tudo o que tem e de tudo o que possui, saiba ser mais plenamente homem com os outros e para os outros.” A semente não germina ou não se desenvolve convenientemente, mesmo sendo boa, quando o ambiente não é propicio ou o encarregado do campo o esquece. A vitalidade da planta vem da semente, mas está condicionada pela terra boa ou má e pelo cuidado de quem a trata. Não depende tanto dos outros como o homem: antes durante e depois do nascimento. O homem, sendo social por natureza, só em sociedade se pode desenvolver como homem.(“O menino selvagem” de Truffaut) Por isso, e este o terceiro aspeto, o ambiente e os educadores que rodeiam o educando têm uma importância incalculável no processo educativo.

Pe. Avelino Silva-OSB

BT Google Maps

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com