• cab1
  • cab2
  • cab4
  • cab5
  • cab8
  • cab3
  • cab6
  • cab7
  • cab9

Bem vindo...

Versão para impressão
PDF

Abadia de São Bento de Singeverga

abade bernardinoNa manhã, do dia 10 de Julho, na véspera da Festa do Glorioso Patriarca São Bento, a comunidade monástica reunida em capítulo conventual, elegeu para ABADE o Reverendo Padre Bernardino Ferreira da Costa, OSB.

Dom Bernardino Ferreira da Costa foi eleito pelos monges como o VI Abade da Abadia de São Bento de Singeverga. É natural da Diocese do Porto, paróquia de Santo Adrião de Vizela. Nasceu a 21 de Novembro de 1974. Entrou para o Mosteiro em 1997, depois de ter feito o 4º ano de Teologia, vindo do Seminário Diocesano do Porto. Fez a sua profissão monástica de votos simples a 1 de Novembro de 1998, de votos solenes em 2001. Ordenado sacerdote a 11 de Maio de 2003 pelas mãos de D. Armindo, então bispo do Porto. Frequentou o Pontifício Instituto Litúrgico de Santo Anselmo - da Ordem Beneditina, em Roma - entre 2004 e 2008, no qual obteve a Licenciatura Canónica e Doutoramento em Sagrada Liturgia com o tema: "O movimento litúrgico em Portugal. Dom António Coelho o protagonista". Atualmente é professor na Universidade Católica Portuguesa - Faculdade de Teologia, no Pólo do Porto.

Rezamos para que o seu múnus seja fecundo e proveitoso nestes futuros anos de serviço à frente da comunidade beneditina de Singeverga.

Singeverga, 10 de Julho de 2013

 


 

 EDUCAR HOJE

padre avelino“A educação consiste em levar o homem a tornar-se cada vez mais homem, a poder ser mais e não só a poder ter mais.
Consequentemente, a que, através de tudo o que tem e de tudo o que possui, saiba ser mais plenamente homem com os outros e para os outros.”
A semente não germina ou não se desenvolve convenientemente, mesmo sendo boa, quando o ambiente não é propicio ou o encarregado do campo o esquece.
A vitalidade da planta vem da semente, mas está condicionada pela terra boa ou má e pelo cuidado de quem a trata. Não depende tanto dos outros como o homem: antes durante e depois do nascimento. O homem, sendo social por natureza, só em sociedade se pode desenvolver como homem. (“O menino selvagem” de Truffaut)
Por isso, e este o terceiro aspecto, o ambiente e os educadores que rodeiam o educando têm uma importância incalculável no processo educativo.

Director P.e Avelino Silva - OSB

меня зовут эрл